Tomorrow I'll Miss You

Archive for the ‘Filmes’ Category

Nino está atrasado. Para Amelie, só há duas explicações possíveis.
Primeiro, não achou a foto.
Segundo, não teve tempo de terminar a reconstituição porque três ladrões multirreincidentes roubaram um banco e o raptaram. Perseguidos pela polícia, conseguiram escapar, mas ele provocou um acidente.
Quando voltou a si, não se lembrava de nada.
Um ex-presidiário deu-lhe carona e, achando que era um fugitivo enfiou-o num contêiner de partida para Istambul.
Lá, topou com aventureiros afegãos que propuseram a ele roubar ogivas de mísseis soviéticos.
Mas o caminhão passou numa mina na fronteira com o Tajiquistão.
Único sobrevivente, foi levado por montanheses e tornou-se militante “mujahiddin”.
Então Amelie não vê porque se preocupar tanto com um cara que vai passar a vida comendo “bortsch” com um estúpido cachepô na cabeça.

Os Homens Que Não Amavam as Mulheres (Niels Arden Oplev, 2009)

Harriet Vanger desapareceu 36 anos atrás sem deixar pistas na ilha de Hedeby, um local que é quase propriedade exclusiva da poderosa família Vanger. Apesar da longa investigação policial a jovem de 16 anos nunca foi encontrada. Mesmo depois de tanto tempo seu tio decide continuar as buscas, contratando o jornalista investigativo da revista Millennium, Mikael Blomkvist, que não está em um bom momento de sua vida, enfrenta um processo por calúnia e difamação. Mas, quando o jornalista se junta a Lisbeth Salander, uma investigadora particular nada usual, incontrolável e anti social, a investigação avança muito além do que todos poderiam imaginar.

O filme Os Homens Que não Amavam as Mulheres (que não, não é uma comédia romântica sobre um grupo de mulheres que sofreram decepções amorosas), é baseado no livro do autor sueco, Stieg Larsson. Eu comecei a ler o livro, mas não tive o privilégio de terminar a leitura; embora tenha a intenção de retomá-la assim que for possível.
Não sei dizer se o roteiro foi bem adaptado ou não; mas posso confirmar que a história é ótima. É aquele tipo de suspense que te prende do início ao fim, sempre trazendo surpresas e resolvendo enigmas de uma forma brilhante; legal ou ilegalmente. O longa não é exatamente um merecedor de Oscar, mas não deixa de ser um ótimo entretenimento.

Cenas fortes também acompanham a trama, com direito à sangue, mortes violentas, estupros, e vinganças merecidas. Fora o fato de os personagens serem muito ricos (no sentido material, e no sentido “psicológico”, digamos assim). Vale a pena conferir e se surpreender com Lisbeth, uma das personagens principais, que tem um estilo superbacana, do tipo jaquetas de couro, cabelo curtinho, piercings e tatuagens.

Se você estiver afim de assistir uma história com suspense, romance, dramas e ação, Os Homens Que Não Amavam as Mulheres, é o filme certo para você.

“Eu ponho os corpos no meu barco, e os jogo no mar.” (Essa frase do filme, em particular, me lembrou muito meu velho amigo Dexter).

P.S.: Assista em Sueco, a língua original do filme. Vale muito a pena.

Harry Potter e as Relíquias da Morte, Parte I – ★★★★ (em cartaz)
Eu gostei mesmo. Achei os efeitos especiais, incríveis. Os atores estavam ótimos. A cenas adicionais, se encaixaram. A trilha sonora ficou perfeita. E é claro que não contém todas as cenas do livro, porque isso nunca seria capaz; mesmo que a própria J.K. estivesse produzindo o filme. E vou dizer que Relíquias da Morte, Parte I, me surpreendeu. Porque no livro, o começo é até meio chatinho; então eu estava esperando um filme bem boring; mas, pelo contrário! O filme não foi nada cansativo, e teve um ritmo perfeito.

Rebelde com Causa – ★★★ (locadora)
Esse filme é hilário. Um cara nerd, sem vida social, e virgem; tem que tornar-se mau, para poder ser expulso de casa e ficar perto da garota que gosta. E para tal acontecimento se concretizar, ele cria sua própria personalidade má; um francês, chamado Françoi. As situações em que ele se mete, são muito engraçadas. É um filme bem leve, ótimo para um sábado a noite(sabe como é, para pessoas que – como eu – nunca têm um agenda cheia para o final de semana).

Desejo e Reparação – ★★★ (locadora)
Lindo, lindo, lindo, lindo e lindo. Chorei horrores com esse filme. Um filme que, só pra constar, tem a minha Keira Knightley, com um papel bem importante do longa. O filme conta a história de um casal, que deram uns amassos em uma certa noite, antes de um jantar, e que foram vistos por um garotinha metida. A garotinha entende as coisas erradas, e desentendimentos atrás de desentendimentos, acabam resultando em uma grande catástrofe. Que você vai descobrir, se resolver assistir ao filme. A história é muito boa, e triste; com um final bem surpreendente. E oh, o filme é épico.